make own website

NÚCLEO DE APOIOS EDUCATIVOS E PREVENÇÃO DO RISCO
(NAEPR)

O que se pretende com este documento?

Este documento pretende esclarecer o que é o Núcleo de Apoio e Prevenção de Riscos (NAEPR), nomeadamente:
- O que é o NAEPR?
- Qual é objetivo do NAEPR?
- Por quem é constituído NAEPR?
- Como funciona o NAEPR?
- A quem se destina o NAEPR?
- Quem referencia os casos?
- Em que situações se deve referenciar?
- Como é o processo de referenciação?
- Para quem o NAEPR pode encaminhar os casos?

O que é o NAEPR?

     O NAEPR é um grupo multidisciplinar, constituído por profissionais da comunidade escolar e por parcerias locais das áreas social e psicológica. Tem como principal objetivo promover o trabalho colaborativo entre os diversos serviços especializados no sentido de prevenir e agilizar as intervenções junto dos alunos com necessidades educativas especiais e/ou que apresentem uma qualquer situação de risco. 

Qual é o objetivo do NAEPR? 

     Tem como principal objetivo triar, avaliar e encaminhar os alunos referenciados para o serviço especializado mais indicado para o caso (por exemplo: Educação Especial, Psicologia, Programa de Tutoria, Terapia da Fala, CPCJ…), procurando um trabalho de parceria intra e inter - institucional.
     Pretende, assim, mobilizar os recursos disponíveis na comunidade escolar, em colaboração com parcerias e recursos técnicos, no sentido de contribuir para um processo de ensino-aprendizagem de qualidade bem como, para a formação de indivíduos saudáveis. Neste sentido, também representa uma equipa de suporte e de consultoria aos agentes educativos.

Por quem é constituído o NAEPR?

NAERP

Como funciona o NAEPR?

    A Equipa reúne mensalmente, durante 90 a 120 minutos e analisa, discute e encaminha os casos previamente referenciados à Direção do Agrupamento.

A quem se destina o NAEPR? 

Alunos do Agrupamento que apresentem as seguintes caraterísticas:
 - Risco escolar (dificuldades de aprendizagem, absentismo escolar e falta de assiduidade, por exemplo)
- Risco social (problemáticas da dinâmica familiar, situações de pobreza e/ou disfuncionais associadas por exemplo, a comportamentos aditivos, negligência ou maus tratos)
- Risco ao nível da saúde (saúde mental – problemas emocionais severos e de comportamento adaptativo; e saúde física – doença crónica, entre outros).

Quem referencia os casos? 

A sinalização é realizada pelo educador, professor titular ou diretor de turma, com a autorização dos pais (sempre que possível).

Em que situações se deve referenciar?

     Quando a primeira linha de intervenção (abordagem realizada pelo educador ou professor junto da família) não se mostrar por si só suficientemente eficaz, poder-se-á referenciar um caso ao NAEPR, quando se observar o seguinte:
     - Sempre que um aluno apresente sintomas que interferem na sua funcionalidade quotidiana que comprometam os seu desenvolvimento/crescimento pessoal, social e/ou escolar. Por exemplo, problemas de adaptação escolar, dificuldades de aprendizagem, falta de autonomia, comportamentos desadequados de agressividade e/ou descontextualizados, tristeza profunda, isolamento social, suspeita de maus tratos e negligência familiar, entre outros. 

Como é o processo de referenciação?

    Preencher uma das fichas de referimento disponíveis e entregar na direção devidamente assinadas.
Existem duas fichas de referenciação elaboradas pela Direção, uma específica para a Educação Especial e outra para os outros casos.
     O Centro de Saúde (UCC de Benavente) e Intervenção Precoce (SNIPI) têm ficha de referenciação específica fornecida pelas próprias entidades.
     As fichas modelos de referenciação são facultadas pela Direção através do Office 365, coordenadores de estabelecimento, coordenadores dos Diretores de Turma...
Através do Office 365:
1º - Entrar no Grupo Docentes AEB;
2º - Clicar em Ficheiros;
3º - Abrir a Pasta NAEPR – razões de referimento – fichas modelo;
4º - Clicar na pasta e descarregar a minuta da razão de referimento pretendida.
Ter atenção ao preenchimento dos documentos que devem vir em anexo (relatórios, autorização dos encarregados de educação…).
Para além disso, poder-se-á consultar pessoalmente quaisquer membros do NAEPR.

Para quem o NAEPR pode encaminhar os casos?

Equipas de parceria para acompanhamento e/ou avaliação

NAERP EDUC